Caranguejo

Os catadores de caranguejo retiram palha da carnaúba e utilizam como corda para amarrar o caranguejo, de quatro em quatro. Saem em grupo, pela manhã, em pequenas embarcações, na hora da maré baixa. Escolhem o mangue a ser trabalhado, onde passam em torno de seis horas em cada catada.

Existem mangues mais rasos, que dá para pegar o caranguejo metendo o braço no buraco. Nos locais mais difíceis utilizam o cambito (uma barra de vergalhão entortada na ponta de baixo, de até 1,5 m de cumprimento). Os perigos são cobras no buraco, pontas de pau escondidas não chão, árvores que caem, maribondos, abelhas e o incomodo com mosquitos e muriçoca. Uma curiosidade: É preciso esconder os caranguejos que vão sendo apanhados porque os macacos pregos costumam roubar as cordas (4 caranguejos amarrados) e levar para comer em cima das árvores.

Eles vendem os caranguejos capturados para um atravessador, que mora na própria ilha. Esse, por sua vez, revende para outros atravessadores da cidade.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo