Nossos missionários estão dando seu melhor

INFORMATIVO DE MARÇO/20


2020 começou como uma onda de renovo. Estamos em tempo de readaptação da MEAP Amazonas, com mudanças no rol de obreiros, liderança e projetos. Vivemos uma fase de assentamento e consolidação, uma vez que passamos os últimos três anos numa velocidade acima do comum, iniciando várias frentes ao mesmo tempo enquanto conhecíamos e entendíamos mais sobre o povo, a cultura, o rio, o transporte e a complicada logística que a região exige.



Estamos presentes com evangelismo, plantação de igreja e discipulado em 35 comunidades ao longo do rio Purus. As igrejas que estão nascendo precisam de discipulado e consolidação, e nossos missionários estão dando seu melhor para que isso aconteça. Entendemos que esse é o momento de avaliar e prosseguir num passo organizado e produtivo.


Em janeiro tivemos conosco o diretor executivo da MEAP, Evaldo Almeida, o que foi de extrema importância, grande alívio e encorajamento para toda a equipe!



Iniciamos a construção dos Centros Multifuncionais em Kacuri e Vila Dedé (Base de Pauiní). Já estamos com projeto para construir em Marahã e Irajá (Base de Lábrea). Três dessas construções em parceria com a ICM, a quem somos muito gratos. Esses espaços servirão para moradia temporária de missionários, local para reuniões, celebrações, discipulados e capacitações. O desafio é grande, visto que toda a madeira é serrada na região e a obra, em palafitas, por conta do alagamento que acontece na época das chuvas, devido a subida do rio, é feita por carpinteiros auxiliados por voluntários das igrejas e comunidades locais.


Reafirmamos a parceria com Asas de Socorro. No último ano caminhamos próximos na região de Pauini, onde Asas de Socorro serviu como braço de ação social e MEAP na plantação de igreja nos vilarejos. Foram tantas portas abertas e histórias maravilhosas de transformação que decidimos levar a parceria adiante, sonhando agora em expandirmos para a base de Lábrea.


Para o futuro, sonhamos com a possibilidade de construirmos quadras poliesportivas em comunidades chaves, também em palafitas altas, para que os jovens e adultos tenham onde se reunir e o que fazer durante os longos meses de cheia, quando os campinhos nas vilas estão inundados e a ociosidade e tédio muitas vezes levam às farras e bebedeiras. Essas quadras serão ferramentas para apresentar o Evangelho da Graça de Deus a esse povo abandonado.


Por favor, orem conosco para que consigamos parcerias que viabilizem essas ações. Cada quadra custará cerca de R$250 mil, devido a longa distância que o material viaja pelo rio até a comunidade.


A maioria de nossos missionários no rio Purus vive em Lábrea, onde também recebemos boa parte das equipes e estagiários. Todos os missionários que vivem em Lábrea precisam alugar sua própria casa e, apesar de Lábrea ser uma cidade com poucos recursos, o aluguel costuma ser caro. Os missionários passam a maior parte do mês no rio, enquanto pagam aluguel por uma casa que pouco utilizam na cidade. Gostaríamos de ter um terreno na beira do rio para manter nossas embarcações e flutuante, construir casas missionárias e local para equipes e treinamento.



Agradecemos de todo o coração as orações, sustento e parceria da igreja brasileira em prol dos ribeirinhos do rio Purus. É com o apoio de vocês que chegamos até aqui e, na comunhão dos que creem, sabemos que o evangelho chegará muito mais longe.


Que Deus os fortaleça, abençoe e unifique a cada dia, e que o mesmo despertar do Espírito que sopra nas águas daqui continue a jorrar nos corações de vocês.


#missãoevangélica #meap #amazonas #ribeirinhos #icm #asasdesocorro

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo