... tornou-se um crente assíduo e logo quis ser batizado.

🐟HISTÓRIA DE PESCADOR🐟 José Missias era um jovem professor na comunidade do Torto, na Ilha Canárias, no Delta do Parnaíba. Quando criança, ganhou uma bíblia e passou a lê-la. Ele procurava praticar o que aprendia, mas caía em pecado com práticas imorais e bebedeiras. Tinha temor a Deus, mas não queria contato ‘com os crentes’, até que sua esposa e cunhado começaram a frequentar a igreja evangélica.

Um dia, indo para um festejo da igreja católica, decidiu mudar o caminho e ir ao culto que acontecia no mesmo dia e horário. Por ser muito tímido, ficou próximo a entrada da igreja aguardando alguém convidá-lo a entrar. E foi isso que a missionária fez. A partir desse momento, ele passou a frequentar todos os cultos, tornou-se um crente assíduo e logo quis ser batizado.

Algum tempo depois, o missionário que residia na comunidade decidiu ir embora. A igreja começou a orar por um novo obreiro. Foi nesse tempo que José Missias sentiu o chamado e foi desafiado pela MEAP a assumir a liderança da igreja. Ele renunciou sua profissão de professor e passou a dedicar-se exclusivamente ao ministério.


Deus encaminhou todas as coisas para que José Missias e sua esposa, Hozana, fossem para a Escola de Missões Maanain, em Curitiba. Ao concluir o curso, retornaram como missionários efetivos da MEAP.

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo