EDUCAÇÃO

PROJETO DOCE LAR

AMAPÁ E PARÁ

Cooperamos com o desenvolvimento integral das crianças; ensinamos sobre o Reino de Deus; ajudamos em seu processo escolar, na convivência com o próximo e em sua saúde física; protegemos da sexualidade precoce/abuso sexual.

ONDE?
Base da MEAP em Afuá, Arquipélago de Marajó/PA e na base MEAP Bailique/Vila Progresso.
 
PARA QUÊ?
Cooperar com o desenvolvimento integral das crianças; ensiná-las sobre o Reino de Deus; ajudá-las em seu processo escolar, na convivência com o próximo e em sua saúde física; protege-las da sexualidade precoce/abuso sexual.
"‘A’ é uma aluna do Doce Lar que, pela idade,não poderia continuar conosco, mas Deus nos abençoou e pudemos incluir mais uma turma no projeto –de adolescente –e ‘A’ continua conosco. Ela era extremamente tímida e irascível; nascida em um lar desestruturado,com pais separados, cunhado presidiário e a irmã com 17 anos já é mãe outra irmã é homossexual. ‘A’ tem sido transformada a cada dia. Ela recebeu JESUS como seu SENHOR e participa ativamente na igreja. ‘A’ temo desejo de ser uma missionária e professora. Quer um futuro melhor e com Jesus em sua vida é certo que terá!"
"Com 13 anos de idade, Frida começou a frequentar o Doce Lar por curiosidade. Não era aluna, mas estava sempre presente. Alguns meses depois, ela se converteu a Cristo e se tornou voluntária no projeto. Em 2014 participou de um treinamento na base MEAP Afuá, Marajó/PA. Concluindo o treinamento, ganhou uma bolsa de estudos integral à distância, sendo necessário fazer estágio e TCC presencial no Rio de Janeiro. Em maio/2017, Frida concluiu o curso técnico de nível médio. Seu propósito é continuar colaborando como voluntária no Projeto Doce Lar, atuando como coordenadora."
 
QUAL ALCANCE?
Afuá: 70 crianças, entre 6 e 15 anos de idade,e seus familiares, que vivem em condições extremamente precárias.
Bailique: 50 crianças e adolescentes, de 07 a 14 anos, em situação de vulnerabilidade social; a maioria delas vive abaixo da linha de pobreza.
QUANDO?
Afuá: Ações de terça à sexta no período da manhã e tarde.
Bailique: Anualmente, no contra turno escolar,de terça à sexta-feira,nos períodos matutino e vespertino.
 
COMO?
Afuá: Atividades em sala de aula, quadra e até refeitório.Começamos com devocional e atividade da devocional e, em seguida,a atividade do dia: reforço escolar, palestras, música, teatro, esporte, vídeo, artes e brincadeiras.
Bailique: Servimos alimentação no início e término do período de atividades. Depois dos procedimentos de higiene pessoal, os alunos seguem para a sala de aula onde aprendem valores e são orientações nas suas dificuldades escolares. Também são ministradas aulas de violão e introdução à informática.
 
EQUIPE?
Afuá: Três professoras, dois professores de esporte, uma merendeira, uma ajudante de limpeza e um responsável pela manutenção.
 
Bailique: Uma coordenadora; dois monitores e uma cozinheira.
 
O QUE TEMOS?
Afuá: Três salas de aula, quadra, refeitório, cozinha e banheiros femininos e masculinos.
 
Bailique: Uma quadra multifuncional, cozinha, refeitório, três salas de aula e um laboratório de informática.
 
DE QUE PRECISAMOS?
Mantenedores Financeiros que ‘apadrinhem’ as crianças ofertando, mensalmente, R$70,00para ‘apadrinhar’ uma criança.
Despesas (Bailique):
Ajuda de custo para voluntários
Mensal: R$ 1.875,00; Anual: R$ 22.500,00
Alimentação
Mensal: R$ 2.750,00; Anual: R$ 33.000,00
 
Manutenção
Mensal: R$ 375,00; Anual: R$ 4.500,00
 
TOTAL
Mensal: R$ 5.000,00; Anual: R$ 60.000,00

CONTRIBUA COM ESTE PROJETO:

BAIXE O TEXTO DESTE PROJETO
>CLIQUE AQUI<