HISTÓRIA DE PESCADOR - Má


São Clemente era uma comunidade com população composta por indígenas e ribeirinhos. Há alguns anos a São Clemente foi demarcada como terra indígena e realocou os ribeirinhos de lá.

Má era líder da igreja em São Clemente e, por ser ribeirinho, precisou sair do vilarejo e se mudou para Marahãn, uma vila à frente de São Clemente, subindo o rio.


Em Marahãn vivem 15 famílias, cerca de 120 pessoas. Fica há cinco horas de voadeira/motor 40HP, de Lábrea em direção a Pauini. Não tem nenhuma igreja.

Quando chegamos na região, Má nos recebeu em sua casa, nos apresentou para a comunidade e compartilhou seu desejo de ver uma igreja plantada ali.


Passamos a discipular Má e visitar cada casa, convidando as pessoas para as reuniões e distribuindo áudios de Bíblia, sempre orando por conversões.


Recentemente, 10 pessoas procuraram Má e disseram querer entregar suas vidas a Jesus. A partir de então, ele começou a organizar cultos, aos domingos de manhã, em sua casa mesmo.

Má deseja participar da formação missionária no Centro de Treinamento que a MEAP deverá iniciar este ano.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo