PLANTAÇÃO DE IGREJAS

IGREJA

ILHA SANTA BÁRBARA/MA

Plantar uma Igreja de acordo com os princípios bíblicos de maneira que cresça por meio do evangelismo, discipulado e capacitação de líderes nativos. Formaremos novos discípulos, expandindo o Reino de Deus em toda a região do litoral maranhense.

ONDE?
Ilha de Santa Bárbara/MA
PARA QUÊ?
Plantar uma Igreja de acordo com os princípios bíblicos de maneira que cresça por meio do evangelismo, discipulado e capacitação
de líderes nativos, formando novos discípulos, expandindo o Reino de Deus em toda a região, litoral maranhense e até os confins da terra.
Um dos homens que foi batizado, Edicarlos, teve sua vida mudada por Cristo. O alcoolismo é comum entre os pescadores e isso não foi diferente na vida dele, mas depois que conheceu a Cristo esse e outros hábitos mudaram. Alguns moradores da ilha falam da sua mudança e essas pessoas não são convertidas. Edicarlos faz parte do primeiro grupo de pessoas que foram batizadas na ilha. Temos também a Marilene, uma adolescente de 13 anos que também foi batizada. Sua tia fala que seu comportamento mudou e, com frequência, ela lê a Bíblia.
QUAL ALCANCE
Iniciamos em janeiro/2014, na região de Turiaçu, a evangelização e processo para plantação de igrejas e desenvolvimento comunitário, em parceria com igrejas locais e de outros lugares.
ILHAS QUE QUEREMOS ALCANÇAR:
Santa Bárbara: 130 famílias | 1.200 habitantes
Cunhacunhema: 190 famílias | 1.800 habitantes
Igarapé Grande: 46 famílias | 300 habitantes
Areia Branca: 7 famílias | 40 habitantes
Atins: 1 família | 2 habitantes
Sabába: 40 famílias | 300 habitantes
Miramar: 10 famílias | 60 habitantes
Salinas: 3 famílias | 25 habitantes
Latagão: 2 famílias | 6 habitantes
O principal meio de subsistência dessa população é a pesca de peixe, camarão e carangueijo.
Essas ilhas são de difícil acesso, pois somente se chega até elas de barco. Um fator que dificulta a entrada e saída nelas é a maré. No litoral maranhense há uma variação diária entre 5 e 7 metros de altura, por isso dizemos que "tudo depende da maré" para realizar viagens.
Há muito problema espiritual por conta da invocação dos espírito nas pajelanças e batuque de tambor crioula, o que tem aprisionado esse povo nas trevas. Há pouca ou nenhuma presença evangélica regular nessas comunidades.
Não há ações de saúde nas ilhas e o povo sofre com as enfermidades. A educação, quando existe, é muito precária; faltam profissionais qualificados, recursos e locais adequados para o ensino.
Além das ilhas temos comunidades grandes que estão na ponta de mangues, no continente, que participam quando realizamos ações nas ilhas.
COMO?
Nosso alvo tem sido realizar a cada quinze dias uma viagem com nossa equipe ou acompanhados de equipes das igrejas para a Ilha Santa Bárbara. Visitamos as famílias; conversamos informalmente com o povo no porto, na rua, em locais de trabalho; promovemos atividades com as crianças e adolescentes em nosso terreno e salão multifuncional. À noite realizamos cultos.
Em 2016 foi crescente uma parceria com a PIB de Turiaçu visando a plantação de uma igreja na Ilha Santa Bárbara. Temos sido abençoados por estes irmãos com hospedagem, alimentação e apoio logístico nas necessidades eventuais.
No final de 2016 cinco pessoas foram batizadas e estamos discipulando esses primeiros frutos.
Em janeiro de 2017 a Igreja Batista do Farol assumiu formalmente o propósito de somar como parceira para o avanço do evangelho na Ilha Santa Bárbara. Temos outras igrejas que estão nos apoiando e estudando a possibilidade de juntarem-se a nós.
EQUIPE
Atualmente temos 3 missionários que atuam na base em São Luís.
O QUE TEMOS?
Um terreno, um salão construído de barro, típica moradia local, onde realizamos atividades de ensino bíblico com a comunidade que o chama, carinhosamente, de "igrejinha", uma casa para hospedagem dos missionários e equipes e uma tenda de 10x10 metros.
DE QUE PRECISAMOS?
  • 100 cadeiras de plástico (as que usamos são carteiras escolares emprestadas): R$ 3.000,00
  • Um casal de missionários vocacionados para conduzirem o processo de plantação de igreja na ilha, morando lá.

CONTRIBUA COM ESTE PROJETO:

BAIXE O TEXTO DESTE PROJETO
>CLIQUE AQUI<